CRIAÇÃO DE SITE

Agência de Marketing de Alta Performance.

Facebook está com medo do TikTok

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on google
Google+
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Nesta quarta-feira (30), o chefe do Instagram e do Facebook – Adam Mosseri- anunciou os planos da rede social para começar a mostrar aos usuários vídeos recomendados em tela inteira em seus feeds.

“Também vamos experimentar como podemos abraçar o vídeo de forma mais ampla – tela inteira, imersivo, divertido, vídeo que prioriza os dispositivos móveis”, comentou Mosseri em um vídeo e que “você verá uma série de coisas ou experimentar várias coisas neste espaço nos próximos meses.”

Além disso, Mosseri revelou que o Instagram tem planos de mostrar aos usuários vídeos em tela inteira em seus feeds, incluindo vídeos que recomenda aos usuários, como aqueles de contas que eles ainda não seguem. Sendo assim, os usuários começarão a ver os experimentos do Instagram com essas mudanças nos próximos meses, disse ele.

“Não somos mais um aplicativo de compartilhamento de fotos ou um aplicativo de compartilhamento de fotos quadrado”, afirmou Mosseri.

Isso representa uma mudança drástica para o Instagram, que até agora era basicamente um aplicativo onde os usuários podem ver imagens em tamanho quadrado de seus amigos e contas que eles seguem. A mudança na apresentação do conteúdo alinhará o Instagram em uma competição mais direta com a chinesa TikTok, uma novata no mercado de aplicativos sociais.

Ademais, Mosseri destacou especificamente o TikTok, bem como o YouTube, que é propriedade do Google, como concorrentes e as razões para essas mudanças: “Vamos ser honestos, há uma competição realmente séria no momento. O TikTok é enorme, o YouTube é ainda maior e há muitos outros iniciantes também.”

O Instagram já fez da competição com o TikTok uma prioridade ao lançar o reels no ano passado. Sendo que o reels é um recurso de vídeo de formato curto que permite aos usuários do Instagram criar conteúdo com áudio sobreposto e efeitos de realidade aumentada, da mesma forma que já fazem na plataforma chinesa.

 

“As pessoas procuram o Instagram para se divertir, há uma competição acirrada e há muito mais a fazer”, finalizou Mosseri.

Siga abaixo o blog criador deste super conteúdo

Fonte do artigo: https://olhardigital.com.br/2021/06/30/internet-e-redes-sociais/facebook-testa-mudancas-no-instagram-para-se-assemelhar-ao-tiktok/

Tabela de conteúdo

×